Era meio maluca, mas tinha porquê: tanto amor no peito escapava pra cabeça e misturava com as ideias que moravam lá.

Melhor assim: antes amor errado na cabeça do que ideia errada no coração.

Anúncios